Amilton Coelho

Lembro de ligar para a Fabrika e falar ‘Tenho um filme que só vocês podem produzir; primeiro, porquê precisa de um cuidado grande com direção de arte e precisa ter referência, linguagem, etc., segundo, porquê vai ter que ser de graça’. Eu sei que a Fabrika gosta de ideias, joguei esse caô e colou. Eles entregaram um filme para o festival de inverno, que tenho orgulho. O roteiro era refazer o Hendrix queimando a guitarra, e um cara entrar em cena e ir se esquentar no fogo, junto com o Hendrix. Simples, né? Risos… eles toparam e fizeram de graça. Precisa falar mais?